Banner
Você está aqui: Home

Defensoria determina que assistidos sejam atendidos independentemente de sua vestimenta

E-mail Imprimir

A Defensoria Pública de Rondônia (DPE-RO) deu mais um passo em direção à melhora do atendimento e acolhimento dos assistidos que procuram os serviços prestados pela instituição. Por meio de portaria, editada na quarta-feira, 7, pela administração superior, todos os núcleos que integram a DPE-RO deverão permitir a entrada dos assistidos, mesmo que estes estejam utilizando roupas informais, sejam elas bermudas, camisetas sem mangas, sandálias abertas, dentre outras.

A portaria foi elaborada em conformidade com a realidade do cotidiano dos assistidos, na capital e no interior do estado, que geralmente se vestem de maneira informal, seja devido à condição econômica, ao clima local, e/ou às atividades que exercem, tais como agricultura e pesca.

“Acolher o assistido e atendê-lo bem é a prioridade da DPE-RO, independentemente da vestimenta que esteja utilizando no momento”, afirma o defensor público-geral (DPGE), Marcus Edson de Lima. A portaria, porém, não se aplica aos servidores, estagiários e colaboradores da instituição, ou àqueles que eventualmente frequentem o auditório da instituição em razão dos eventos organizados pelo Centro de Estudos da DPE-RO.

Joomlart