Banner
Você está aqui: Home

Nova diretoria da Anadep assume em fevereiro

E-mail Imprimir

Antonio Maffezoli - Presidente eleito.A nova diretoria da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), eleita em 06 de dezembro para o biênio 2017/2019, será empossada em 15 de fevereiro, em Brasília(cidade-sede da entidade). A eleição, com chapa única, ocorreu durante assembleia geral ordinária. O presidente eleito é o defensor público de São Paulo Antonio Maffezoli.

Na ocasião também foram eleitos os integrantes dos conselhos Diretor, Consultivo e Fiscal da entidade. Conforme o edital, cada estado da Federação teve direito a três votos, sendo dois votos do presidente da Associação filiada e um voto do restante apurado pela maioria simples dos defensores associados, que votaram virtualmente.

O defensor público de Rondônia, Leonardo Werneck integra o Conselho Fiscal, composto por outros cinco defensores: Fernando Figueiredo, Serejo Mestrinho, Elcianne Viana de Souza, Zadyr de Andrade Ramos (suplente), Douglas Admiral Louzad (suplente) e João Vicente Nunes Leal (suplente).

As principais propostas da nova diretoria: paridade entre as carreiras do sistema de Justiça; apoio às Associações Estaduais; garantia e afirmação das autonomias, afirmação do modelo público de assistência jurídica integral e gratuita; correta implantação da Defensoria Pública do Amapá; reforma da Previdência, estruturação da Defensoria Pública; promoção e defesa da cidadania e dos Direitos Humanos; aperfeiçoamento e capacitação através da Enad e o lançamento do I Prêmio Nacional de Jornalismo.O defensor público Leonardo Werneck é titular do Conselho Fiscal

Perfil de Antonio Maffezoli

Ele é defensor público de São Paulo. Foi vice-presidente da Anadep na gestão 2011/2013. Na Associação Nacional também ocupou o cargo de diretor acadêmico e legislativo em outras gestões. Desde 2010 é defensor público interamericano, onde representa e exerce a defesa legal de vítimas necessitadas que não possuam representação perante a Corte Interamericana de Direitos Humanos.

Joomlart