Banner
Você está aqui: Home

Condege e Anadep discutem a reforma da Previdência no Congresso Nacional

E-mail Imprimir

O DPGE e vice-presidente do Condege, Marcus Edson de Lima,(E) e o presidente da Anadep, Antônio Maffezoli.Na terça-feira, 21, o Vice-Presidente do Colégio Nacional dos Defensores Públicos-Gerais (Condege) e Defensor Público-Geral de Rondônia, Marcus Edson de Lima, juntamente com o Presidente da Associação Nacional de Defensores Públicos (ANADEP), Antônio Maffezoli, esteve no Congresso Nacional para discutir a inclusão de emendas à PEC 287/2016, que trata da reforma da Previdência, e colher as assinaturas dos parlamentares se comprometendo a atender o pleito.

O Condege e a Anadep vem intensificando as discussões junto às lideranças do Congresso Nacional para evitar a perda dos direitos previdenciários, principalmente dos menos favorecidos. Para isso foram criadas emendas ao texto original da PEC 287/2016, que partiram de um estudo realizado pela Comissão Especial Previdenciária da Anadep. Essa questão vem sendo amplamente discutida também entre os membros do Condege.

Confira a nota crítica à reforma da Previdência Social.

Mobilização

Uma mobilização nas redes sociais para levar informações sobre a PEC 287/2016 à sociedade já foi iniciada. Para participar da mobilização basta utilizar o mote #nãoàreformadaprevidência no facebook, twitter e afins.

Marcus Edson e Antônio Maffezoli (centro), juntos com defensores públicos que acompanharam o trabalho no Congresso Nacional.

Joomlart