Banner
Você está aqui: Home

Colorado: Palestra da DPE-RO mobiliza alunos do IFRO acerca da inclusão social

E-mail Imprimir

Defensora Pública Flávia Albaine durante sua palestra aos alunos do IFRO.

Na terça-feira, 6, o auditório do campus do Instituto Federal de Rondônia (IFRO) de Colorado do Oeste ficou lotado para presenciar a palestra sobre Inclusão Social "Ser Diferente é Normal", ministrada pela Defensora Pública Flávia Albaine no âmbito da X Semana Ambiental do Instituto.

“Abordamos o tema da inclusão social com leveza, porém com a seriedade necessária”, comenta a Defensora Pública. “Atingimos o nosso objetivo. Os alunos se interessaram bastante e ao final da palestra fizeram perguntas sobre como fazer para garantir o respeito à inclusão social. Houve, inclusive, o depoimento de um aluno homoafetivo emocionado”, completa.

O que é Inclusão Social?

Durante a palestra, Flávia Albaine apresentou aos alunos o conceito de Inclusão social, como a oferta de oportunidades iguais de acesso a bens e serviços a todas as pessoas, independentemente da classe social, educação, idade, deficiência, gênero, raça, orientação sexual etc.

Segundo a Defensora Pública, a inclusão social já está prevista pela Constituição Federal Brasileira, mais especificamente, no Artigo 5º, que diz “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se (...) a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade (...)”.

Logo da palestra.“A garantia da inclusão social também pode ser observada em leis como o Estatuto da Pessoa com Deficiência, o Decreto 9034 de 2017, que legisla sobre o sistema de Cotas, além de vários Pactos Internacionais firmados acerca do tema”, completa Flávia Albaine. “Procure a DPE-RO. Nós podemos te orientar sobre as providências a serem tomadas. Ou, se for o caso, te encaminhar para atendimento pela Defensoria Pública da União”, finaliza.

Final da palestra com depoimento emocionado

Flávia Albaine recebe presente das mãos da Diretora de Ensino do IFRO Campus Colorado do Oeste, Salete Borino.No final da palestra, a Defensora Pública indagou aos alunos sobre como está a inclusão social na região de Colorado do Oeste. “Como são tratadas as pessoas homoafetivas? Sofrem algum tipo de piada dos demais? As pessoas são tratadas diferentes por conta de sua raça ou de sua cor? E as pessoas com características físicas diferentes? Nossa região tem estrutura para proporcionar acessibilidade aos deficientes físicos?”, indagou a todos.

Após realizar uma análise sobre a acessibilidade física do IFRO, por meio de fotos, Flávia Albaine perguntou “E nós? O que temos feito para ajudar na inclusão social?”. Tal indagação causou reações: um aluno levantou-se de seu lugar e deu um depoimento emocionado. “já fui muito diminuído pela minha orientação sexual, mas agora estou ciente dos meus direitos, vou lutar para que eles sejam cumpridos”, afirmou.

Como agradecimento por sua participação, a Defensora Pública foi presenteada com uma peça de artesanato pela Diretora de Ensino do IFRO Campus Colorado do Oeste, Salete Borino.

Joomlart