Banner
Você está aqui: Home

Mais de 300 candidatos realizam provas discursivas do IV Concurso para Defensor Público

E-mail Imprimir

Neste domingo, 19, foram aplicadas as provas discursivas (segunda fase) do IV Concurso para Defensor Público substituto do Estado de Rondônia. Mais de 300 candidatos advindos de todo Brasil, aprovados na primeira fase (objetiva), participaram do certame, organizado pela Vunesp, que aconteceu em um dos prédios das Faculdades Integradas Aparício Carvalho (FIMCA).

Contando a presença do Subdefensor Público-Geral, Hans Lucas Immich, representando o Defensor Público-Geral, Marcus Edson de Lima, Defensores Públicos do Estado de Rondônia participaram como fiscais de sala durante o domingo.

“Completamos mais uma etapa deste certame que contribuirá ainda mais para a ampliação e estruturação da instituição Defensoria Pública no Estado de Rondônia. Estou muito feliz de estar junto com os meus colegas de Defensoria na realização deste Concurso”, afirmou Hans Lucas.

“A realização deste concurso é uma resposta aos anseios daqueles que necessitam da assistência jurídica e gratuita. Uma conquista da nossa gestão, que vai impactar a atuação da DPE-RO no Estado, trazendo mais Defensores Públicos para o Estado”, afirma o Defensor Público-Geral.

Candidatos de todo o Brasil participaram do Concurso

Candidata Laura Cellarius veio do Rio de Janeiro.“Sou do Rio de Janeiro, e vim de lá para fazer essa prova” - afirma a candidata Laura Cellarius, que estuda para ser Defensora Pública - “Estudo apenas para esta carreira jurídica desde que me formei em 2012. Meu sonho é “Defensorar!!”.

Camila Benincasa veio de São Paulo.Laura é acompanhada no sonho de ser Defensora Pública pela candidata Camila Benincasa, paulistana que batalha há cinco anos para atingir seu objetivo. “Este é meu segundo concurso da DPE-RO, pois participei do III Concurso para Defensor Público Substituto. Gosto muito do Estado de Rondônia”, comenta.

Paulo Fernandes veio de Campina Grande na Paraíba. “Conheci Rondônia no concurso do Tribunal Regional do Trabalho em 2011. Formei em 2012 na Faculdade Estadual da Paraíba, e desde então já fiz Defensoria de Santa Catarina, Paraná”. Segundo ele a atuação da Defensoria Pública vai muito além do que a Constituição prevê. “É uma instituição essencial à função jurisdicional do Estado”, afirma.

Subdefensor Público-Geral, Hans Lucas Immich, e equipe de Defensores Públicos.

 

E sobre a Defensoria Pública de Rondônia?

Amós veio de Recife. Um ponto em comum que apareceu em todos os depoimentos dos candidatos entrevistados foi a visão de que a Defensoria Pública de Rondônia é uma instituição bem estruturada e em plena expansão.

“A Defensoria de Rondônia tem uma estrutura muito boa e está em expansão. Chama a atenção de quem é de fora para vir fazer parte da equipe”, afirmou Laura Cellarius.

Amós Rodrigues de Melo, de Recife (PE) também afirmou. “A DPE-RO está entre as melhores Defensorias do Brasil. Para mim, seria uma satisfação ajudar as pessoas mais necessitadas de Rondônia, sobretudo em situação de violação de Direitos”.

Rodrigo Almeida, rondoniense que mora em Rio Branco (AC), também deixou seus apontamentos. “É uma Defensoria Pública que estão em constante crescimento, é muito nova, mas que está na vanguarda hoje”, afirma.

E os candidatos rondonienses?

Gabriela Bier Suriano, que é analista jurídica da DPE-RO, foi fazer a prova junto com a amiga Rafaela Piquiá Soraes. “É meu primeiro concurso de Defensoria Pública”, disse Gabriela, “ Sou muito admiradora da DPE-RO, que é vanguardista e inovadora. Quero fazer parte”.

Já Rafaela Soares é assídua em provas de Defensoria Pública. “Fiz mais de cinco provas. Estudo apenas para Defensoria. A DPE-RO tem uma boa estrutura e tem procurado proteger os Direitos dos rondonienses mais necessitados”, disse.

Juleandro de Oliveira é do munícipio de Ji-Paraná em Rondônia. “É a segunda vez que faço prova para Defensoria. Estou aprovado no Concurso para Defensor no Acre”. Para ele, a Defensoria Pública tem uma ótima estrutura. “Tenho colegas que são Defensores Públicos, espero ser aprovado”.

Juleandro Oliveira.

Joomlart