.
Banner
Você está aqui: Home

Projeto da Defensoria Pública de Rondônia oficializa a união de dezenas de casais em Porto Velho

E-mail Imprimir

Em três décadas, o Iraildo França Portela, de 55 anos, e Rosangela Castelo Neves, de 49 anos, trabalharam arduamente, lutaram e conquistaram bens materiais, constituíram família, tiveram três filhos, que hoje, já seguem com as responsabilidades de uma vida adulta, entretanto, sem condições de arcar com despesas, nunca oficializaram a união.

O sonho de selar o duradouro matrimônio parecia algo distante. Mas agora, aos 33 anos de relacionamento, Iraildo e Rosangela, finalmente, tiveram a chance de se casar. Essa conquista foi celebrada no último sábado (3), nas dependências das Faculdades Integradas Aparício Carvalho (Fimca), por meio do projeto ‘Casamento Comunitário’, idealizado pela Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO).

No evento, Iraildo e Rosangela foram destacados como o casal com mais tempo de união dentre os demais. Outros 99 casais puderam dizer “sim” em frente ao juiz e oficializar a união. Vestidos a caráter, noivos e noivas receberam os papéis assinados gratuitamente.

O projeto atendeu dezenas de casais.“É muito gratificante perceber o quanto um projeto da Defensoria Pública de Rondônia tem causado comoção e instigado à solidariedade e apoio da sociedade porto-velhense como um todo, em vista do grande número de parceiros que tivemos, para que fosse um evento tão especial quanto ao que este momento pede. Sem falar de toda a equipe de servidores da DPE empenhados na realização desses sonhos. Todos foram essenciais para o sucesso desse grande evento”, declarou o Defensor Público-Geral do Estado, Marcus Edson de Lima.

Segundo o DPGE, é uma verdadeira união em prol do bem estar da pessoa mais necessitada, o principal objetivo da Defensoria Pública. “Com certeza, foi uma imensa honra formalizar o casamento dos casais, já que, muitos deles, moravam juntos há anos, mas ainda não tinham documentado legalmente a união”, completa Marcus Edson.

O projeto Casamento Comunitário é mais uma das ações extrajudiciais e de alcance social que a Defensoria Pública de Rondônia tem realizado, com o objetivo de proporcionar ao cidadão, principalmente ao hipossuficiente, o pleno exercício da cidadania. A iniciativa, que garante os direitos civis, é, também, uma maneira de fortalecer os laços afetivos do casal e, consequentemente, da família.

O casal pôde, finalmente, oficializar a união de 33 anos.Cerimônia completa

A cerimônia contou com a presença de importantes autoridades como a do proprietário da Faculdade Fimca, Aparício Carvalho, acompanhado de sua esposa Maria Silvia Carvalho, e seus respectivos filhos, deputada federal por Rondônia Mariana Carvalho e vereador Mauricio Carvalho, bem como também, do deputado estadual Léo Moraes e do cantor Allyson Castro.

Digna de um evento especialíssimo, a entrada dos noivos ocorreu em tapete vermelho, ao som de marcha nupcial, com damas de honra, troca de alianças, benção ecumênica, entrega das certidões de casamento e entrega de presentes, além de espaços exclusivos para que cada casal pudesse tirar fotos com os familiares e convidados.

Se o casamento não fosse realizado de forma gratuita, os trâmites do cartório custariam para os noivos, em média, R$ 500, mais os gastos com a cerimônia. Todos os participantes tiveram que fazer uma inscrição, que terminou no mês passado.

Ao encerrar a cerimônia, o cantor Allyson Castro envolveu a todos os presentes com seu discurso, felicitando os casais e expressando palavras de fé. Ainda, emocionou toda a plateia com sua versão cantada de uma das composições mais famosas internacionalmente, a canção Ave Maria.

>> Veja a Galeria de Fotos do Evento.


Joomlart