Pular para conteúdo principal

Comissão fará levantamento sobre danos causados pelas usinas

Publicado em:

Os defensores Marcus Edsond e Lima e Guilherme Ornelas (área agrária) participaram da audiência

Uma comissão formada por representantes de órgãos municipais, estaduais, federais, dos consórcios das usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau e dos atingidos pelas barragens dos dois complexos fará levantamento, no prazo de dez dias, para efetivar pontos de reparação de danos e indenizações ao Estado e a sociedade.

Esta foi a decisão final dos participantes da audiência pública realizada na ultima quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa, para discutir os danos ambientais causados em decorrência das usinas.

A audiência contou com a participação de parlamentares, autoridades, representantes dos dois consórcios e assentados do Joana D’Arc, cuja área, segundo os moradores, vem sofrendo danos ambientais. Os  defensores  Marcus Edson de Lima e Guilherme Ornelas (ambos da área agrária) representaram a Defensoria Pública na audiência.

O presidente da Associação dos Membros da Defensoria Pública (Amdepro), defensor público Leonardo Werneck também participou do evento.

 

 

 

 
 

O presidente da Amdepro, defensor público Leonardo Werneck, também esteve presente

O plenário e a galeria da ALE ficaram lotados
 
 

Compartilhar