Pular para conteúdo principal

ALE escolhe por unanimidade Antonio Fontoura para administrar a Defensoria

Publicado em:

Ele foi escolhido entre os três defensores públicos que compunham a lista tríplice

Entre os três defensores públicos que compunham a lista tríplice para assumir o cargo de defensor público-geral do Estado, escolhidos por meio de eleição, o corregedor- geral, defensor público Antonio Fontoura Coimbra, foi o indicado pelo governador Confúcio Moura e referendado por unanimidade pela Assembleia Legislativa na noite desta terça-feira (25), após ser sabatinado pelos parlamentares.

Antonio Fontoura administrará a Defensoria Pública no biênio 2013/2015. Ele será empossado no cargo em 12 de julho, substituindo o atual defensor público – geral, José Francisco Cândido.

O corregedor falou sobre o trabalho que já realizou na Defensoria Pública como coordenador do Núcleo Especializado Cível e como corregedor-geral por três mandatos. Sua conduta ilibada em todos os cargos exercidos até agora na vida pública foi um dos pontos destacados pelos parlamentares.

O presidente da Amdepro, defensor público Leonardo Werneck, acompanhou a sabatina

O presidente da Amdepro, defensor público Leonardo Werneck, acompanhou a sabatina

Fontoura é formado em Direito pela Faculdade de Direito de Colatina (ES). Em 1984 foi nomeado assistente jurídico pelo Governo do Estado. Entre os anos de 1984 a 1993, exerceu os cargos de diretor do Estabelecimento Penal, em Pimenta Bueno, diretor da Divisão Administrativa da Penitenciária Estadual Ênio Pinheiro e diretor do Departamento de Assuntos da Justiça do Governo.

Em 1993 passou a atuar na Fundação de Assistência Jurídica do Governo de Rondônia (Funajur). Em 2001 foi nomeado defensor público. Exerceu o cargo de corregedor- geral no biênio 2003/2005. Em seguida assumiu a função de coordenador do Núcleo Cível da DPE. Em 2009, foi eleito corregedor pelo Conselho Superior, sendo reconduzido ao cargo no biênio 2011/2013.




Compartilhar