Pular para conteúdo principal

Parlamentar garante apoiar DPE na luta por suplementação orçamentária

Publicado em:

O  defensor público Eduardo Weymar, junto com o deputado Edvaldo Soares(C ) e o defensor público João Verde

O defensor público Eduardo Weymar, junto com o deputado Edvaldo Soares(C ) e o defensor público João Verde

O número de assistidos que procuram pelo serviço de assistência jurídica gratuita mensalmente no Núcleo da Defensoria Pública (centro) em Ji-Paraná impressionou o deputado Edvaldo Soares, que esteve na manhã desta segunda-feira (30) visitando a Defensoria naquele Município. São 1.300 atendimentos/mês.

O parlamentar reuniu-se com o coordenador do núcleo (centro), defensor público Eduardo Weymar, para conhecer a instituição. Após fazer um breve relato do trabalho realizado pela equipe, Eduardo Weymar falou da necessidade de o núcleo contar com um número maior de defensores públicos para suprir a demanda de serviços naquela comarca.

Atualmente são quatro defensores públicos desenvolvendo suas atividades no núcleo, quando o ideal, segundo o coordenador, seriam nove para equiparar ao número de promotores de justiça e juízes existentes em Ji-Paraná.

Edvaldo Soares, que já solicitou uma reunião com o defensor público-geral do Estado, Antonio Fontoura Coimbra, garantiu apoiar a Defensoria Pública em sua luta para conseguir a suplementação orçamentária necessária para a nomeação de mais defensores públicos.

Atendimentos

A Defensoria Pública em Ji-Paráná conta com dois núcleos, o do centro da cidade, coordenado pelo defensor público Eduardo Weymar; e o do Shopping Cidadão, sob a coordenação da defensora pública Lívia Cantadori.

O núcleo do Shopping Cidadão realiza o primeiro atendimento, ou seja, inicia a ação judicial.  São atendidos 1.700 pessoas/mês nesse núcleo.

Já o núcleo do centro da cidade acompanha os processos cíveis  iniciados no Shopping Cidadão, faz as audiências, atende  as três varas criminais, a execução de pena em dois presídios e ainda realiza o atendimento na área da infância e juventude.


Compartilhar

Skip to content