Pular para conteúdo principal

DPE realiza ação sobre a “Maria da Penha” no Espaço Alternativo

Publicado em:

Foi realizada panfletagem para conscientizar a população

Foi realizada panfletagem para conscientizar a população

A Defensoria Pública do Estado, por meio do Núcleo Maria da Penha, realizou no final da tarde da sexta-feira, 06/12, no Espaço Alternativo Jorge Texeira, trabalho de conscientização sobre o fim da violência doméstica.

Foi distribuído de folders, panfletos e realizada mini-palestras. A ação integrou a programação dos 16 Dias do Ativismo, promovido pela Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica, da qual a Defensoria faz parte.

Pela manhã, a equipe da Maria da Penha esteve na Avenida Carlos Gomes, subesquina com a Brasília, fazendo panfletagem. “Precisamos conscientizar à sociedade sobre a necessidade de dar um basta a esse cenário de violência doméstica, no entanto só conseguiremos obter êxito através do engajamento de todos”, declarou a coordenadora do Núcleo Maria da Penha, defensora pública Luiziana Teles.

Segundo a defensora pública, levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, mostra que Rondônia caiu do 14º para o 7º estado mais violentos nos crimes praticados contra a mulher.

Ainda segundo ela, Rondônia se encontra também entre os estados com as maiores taxas de estupro para cada 100 mil habitantes. Para a defensora, diante desse quadro, é preciso que sejam implementadas políticas públicas com o firme propósito de colocar um ponto final nesse cenário, que contribui para manchar o nome do Estado no cenário nacional.

A campanha dos 16 Dias do Ativismo foi lançada em 1991, por 23 mulheres de diferentes países. Ela tem por objetivo de promover o debate a cerca do tema, exigindo o fim e denunciando todas as formas de violência contra as mulheres. A campanha é realizada  entre 25 de novembro a 10 de dezembro, em mais de 154 países.


Compartilhar