Pular para conteúdo principal

Defensores públicos substitutos conhecem o sistema penitenciário rondoniense

Publicado em:

O defensor Hans Lucas, da Execução Penal, durante visita ao Urso Branco

O defensor Hans Lucas, da Execução Penal, durante visita ao Urso Branco

Os defensores públicos substitutos empossados semana passada, após assistirem a uma breve palestra sobre o sistema penitenciário, proferida pelo defensor público Hans Lucas Inmich, coordenador do Núcleo de Execuções Penais, na manhã desta quarta-feira, 01/10, se dirigiram à Casa de Detenção Dr. José Mário Alves da Silva (Urso Branco) para conhecerem in loco o funcionamento do presídio.

Eles ouviram as demandas dos apenados e as críticas relacionadas ao funcionamento da casa de detenção. Hans Lucas Inmich fez um breve relato  sobre a chacina ocorrida no presídio Urso Branco em 2002, que resultou no pacto para melhoria do sistema prisional de Rondônia, assinado pelo Governo do Estado e Governo Federal junto à Corte Interamericana de Direitos Humanos da OEA, em 2011.

Antes de se dirigirem ao presídio, eles ouviram uma breve palestra sobre o sistema

Antes de se dirigirem ao presídio, eles ouviram uma breve palestra sobre o sistema

O pacto foi fundamental para a realização de melhorias no sistema,  como a redução do número de apenados, assistência médica com maior assiduidade e investimentos na ampliação dos presídios já existentes e construção de novos.

 

 

 


Compartilhar