Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Defensoria Pública é a instituição mais bem avaliada no funcionamento da Justiça no Brasil

Publicado em:

A Defensoria Pública é a instituição mais bem avaliada no funcionamento da Justiça, de acordo com pesquisa realizada pela empresa Praxian Business & Marketing Specialists a pedido do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O diagnóstico, divulgado no mês passado, foi aplicado em 348 municípios nas cinco Regiões do Brasil, entre os dias 27 de setembro e 22 de novembro de 2014. Foram ouvidos quase 6 mil entrevistados em todo país.

 

 

O diagnóstico foi feito para checar a visão dos brasileiros sobre as instituições que integram o sistema de Justiça. Entre os resultados do estudo estão que a Defensoria Pública é a instituição mais bem avaliada para o adequado funcionamento da Justiça. Na pesquisa, a avaliação da Defensoria Pública no funcionamento da Justiça é tida como ótima e segue a segunda colocação, atrás das Forças Armadas.

No quesito Nível de Confiança das Instituições, a Defensoria Pública apresenta a quarta colocação (11,2%), tida como muito confiável, atrás das Forças Armadas (14,6%), Ministério Público (11,8%), OAB (11,5%). Já no quesito Importância das Instituições para a Sociedade, a Defensoria Pública apresenta a segunda colocação, como muito importante (28,8%), atrás somente da Polícia (30,5%).

Aproximadamente 90% dos entrevistados disseram que a Defensoria Pública é muito importante para a sociedade e quase 60% das pessoas pesquisadas atribuíram índice “ótimo” e “bom” para o nível de confiança na instituição. Com relação à avaliação das instituições para o bom funcionamento da Justiça, a Defensoria Pública liderou a pesquisa, recebendo conceito “ótimo/bom” por 40% dos entrevistados, sendo seguida pelas Forças Armadas, Poder Judiciário e Ministério Público.


Compartilhar