Pular para conteúdo principal

Cacoal: DPE consegue viabilizar escola para adolescentes da área rural

Publicado em:

: Os pais queriam transporte escolar, mas  a solução foi contemplar os adolescentes  com  escola próximo de casa

: Os pais queriam transporte escolar, mas a solução foi contemplar os adolescentes com escola próximo de casa

Pelo menos 12 adolescentes na faixa-etária dos 14 aos 16 anos, que vivem na linha 12, lote 64, gleba 11, na zona rural de Cacoal, estão frequentando a escola graças à intervenção da Defensoria Pública do Estado (DPE-RO) naquele Município.

O assistido Erlito Pereira dos Santos, pai de um dos adolescentes, pediu a intervenção da DPE porque os adolescentes, mesmo matriculados na escola desde o início do ano, estavam sem assistir as aulas por falta de transporte escolar. O colégio fica a 07 quilômetros de distância da linha 12.

O pai afirmou que já tinha tentado  resolver a situação diversas vezes na representação da Secretaria da Educação do Estado (Seduc) em Cacoal e na Secretaria Municipal de Educação, porém não obteve êxito.

O defensor público Roberson Bertone, coordenador do Núcleo da Defensoria  Pública na comarca de Cacoal, afirmou que após contato com as secretaria de Educação do Município e do Estado estabeleceu-se uma negociação  que culminou  com a contribuição de cada uma delas para que o problema fosse solucionado. O Município cedeu o espaço e o Estado os professores.

“Queríamos o transporte, mas a decisão que eles tomaram também nos agradou muito, pois os nossos filhos agora vão estudar próximo de casa”, declarou Erlito, que já faz plano pra instalar a internet em sua residência para atender aos filhos nas pesquisas escolares.


Compartilhar

Skip to content