Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Buritis: DPE e Judiciário realizam audiência pública para reduzir judicialização na saúde

Publicado em:

Na audiência, segundo o defensor Miller de Carvalho (E), foi assinado Termo de Compromisso com o Executivo Municipal

Na audiência, segundo o defensor Miller de Carvalho (E), foi assinado Termo de Compromisso com o Executivo Municipal

Com uma demanda considerável de ações na área da saúde no município de Buritis, a Defensoria Pública do Estado (DPE-RO) e o Judiciário decidiram realizar audiência pública naquela localidade para identificar os pontos nevrálgicos nessa área e encontrar uma solução para reduzir a judicialização da saúde. O evento ocorreu no último dia 12 no plenário do Fórum de Buritis

De acordo com o coordenador do Núcleo da DPE-Buritis, defensor público Miller de Carvalho, nesse município, assim como nas demais comarcas, a Defensoria Pública é diariamente procurada por assistidos que, de alguma forma, não tiveram o direito a saúde atendido a contento.

Além disso, segundo ele, é comum também ocorrer reclamações  a respeito da qualidade do atendimento público nessa área devido às informações nem sempre serem repassadas claramente aos pacientes.

“Essa situação nos levou, eu e o juiz da comarca, Rogério Montai, a promover a audiência pública”, declarou o defensor. Para ele, o evento foi oportuno, pois os atores envolvidos no processo tiveram condições de discutir a situação e identificar as deficiências mais comuns.

“A audiência foi uma tentativa de  construir consensos, afinal estamos numa sociedade aberta em que todos podem e devem participar com sua opinião”, declarou o juiz Rogério Montai, acrescentando que o Judiciário tem a missão também de pacificar conflitos.

O evento contou com a participação da população

O evento contou com a participação da população

Para ele, é  com atitudes como essas, pioneira,  que o Judiciário busca ajudar, ou pelo menos  amenizar os problemas,” pois quem precisa é a sociedade, que está sedenta de saúde publica”.

Termo de compromisso

Miller de Carvalho informou que  na ocasião foi redigido um termo de compromisso em que o Município de Buritis se obrigou formalmente a atender os pedidos da Defensoria, na tentativa de melhorar o serviço público de saúde.

Além da população, do defensor público Miller de Carvalho e do juiz Rogério Montai, participaram da audiência o procurador chefe da Advocacia Geral da União, Jorge Souza, o promotor de justiça Rodrigo Valente Guimarães, o prefeito de Buritis, Odeir  Ferreira, o prefeito de Campo Novo, Ocimar Ferreira, o presidente da Câmara de Vereadores, Adriano Confecções e o médico  Luciano Portes das Marces.

Fotos gentilmente cedidas pela Rádio Interativa FM


Compartilhar