Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Defensoria Pública participa da abertura do Outubro Rosa

Publicado em:

O defensor público Guilherme Ornelas é o coordenador do Núcleo Maria da Penha

O defensor público Guilherme Ornelas é o coordenador do Núcleo Maria da Penha

Com o slogam “Vista-se de rosa e abrace essa causa” o município de Porto Velho iniciou na manhã desta quinta-feira,01, no Espaço Mulher, a programação alusiva ao Outubro Rosa, com o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a necessidade de prevenção do câncer de mama e do colo de útero. A Defensoria Pública, por meio do Núcleo Maria da Penha, participou do ato.

O defensor público Guilherme Ornelas, que assumiu o Núcleo Maria da Penha, pontuou a importância da campanha para que a doença seja detectada logo no início, tendo, dessa forma, maior probabilidade de cura. De acordo com ele, a Defensoria, por atuar em defesa da mulher, tem o compromisso moral de apoiar a campanha e ajudar a levar esclarecimentos às assistidas que não tem acesso à informação. “Durante  este mês a nossa equipe estará orientando as mulheres sobre importância da campanha”, pontuou.

O movimento Outubro Rosa é promovido em todo o mundo. A campanha iniciou nos Estados Unidos, quando a Fundação Susan  G.Komen for the Cure, na década de 20, promoveu a primeira corrida pela cura e distribuiu um laço rosa entre os participantes do evento. Em 1997 entidades de várias cidades dos Estados Unidos começaram a fomentar e ideia e daí espalhou-se pelo mundo.


Compartilhar