Pular para conteúdo principal

DPE cria grupo de trabalho para suprir deficiência de defensores públicos

Publicado em:

DPGE Marcus Edson afirmou que o objetivo é consolidar a instituição, tornando-a cada vez mais eficiente

DPGE Marcus Edson afirmou que o objetivo é consolidar a instituição, tornando-a cada vez mais eficiente

Devido à escassez de recursos, a Defensoria Pública do Estado (DPE-RO) decidiu criar grupo de trabalho, formado por treze defensores públicos, visando solucionar a questão da falta de membros para realizar audiências e, com isso, cobrir as varas que estão sem defensores titulares  e/ou  encontram-se ausentes.

Os membros que integram o grupo se disponibilizaram a realizar serviços extras às suas respectivas titularidades sem qualquer tipo de gratificação por cumulação de titularidade.

São eles: Marillya Gondim Reis, Rithyelle de Medeiros Bissi, Constantino Gorayeb Neto, Guilherme Luis de Ornelas Silva, Diego Azevedo Simão, Ana Flávia Jordão, Hélio Vicente de Matos, Daniel de Oliveira Castro, Rafael de Castro Magalhães, Kelsen Henrique Rolim dos Santos, Sérgio Muniz Neves, Bruno Rosa Balbé,  João Luis Sismeiro e Liberato Ribeiro de Araújo Filho.

“Temos que agradecer o empenho e a solidariedade desses defensores que estão doando parte do seu tempo para ajudar a consolidar a Defensoria Pública, tornando-a cada vez mais eficiente”, declarou o defensor público-geral do Estado, Marcus Edson de Lima.

De acordo com ele, a Defensoria Pública, mesmo diante da falta de recursos e de membros, não tem medido esforços para encontrar meios alternativos  para  efetivar o exercício da atividade fim da instituição, que é levar  cidadania àqueles que não tem condições de pagar os serviços de um advogado particular.


Compartilhar

Skip to content