Pular para conteúdo principal

Ji-Paraná: Defensoria doa alimentos à entidade que trabalha com crianças carentes

Publicado em:

O defensor público João Verde faz a entrega dos alimentos

O defensor público João Verde faz a entrega dos alimentos

O Centro de Apoio e Recuperação de Vidas (Carvi), que atende crianças e adolescentes carentes no município de Ji-Paraná, foi à entidade escohida pelo Núcleo da Defensoria Pública no município para receber os 40 quilos de alimentos arrecadados como pagamento pela inscrição no processo seletivo para estagiário em Direito da Defensoria Pública (DPE-RO).

A entrega foi feita pelo coordenador do Núcleo da DPE/Ji-Paraná, defensor público João Verde. O centro foi fundado em 1993 pelo pastor Walquer Jarbas dos Santos.O Carvi comporta até 50 crianças e adolescentes dos 03 anos aos 12 anos. Em alguns casos, a direção abre exceção para menores de 02 anos. A entidade vive de doações.

As crianças em idade escolar frequentam o Colégio Urupá na parte da manhã, localizada a duas quadras da entidade. Ao retornarem à casa de apoio, elas almoçam, fazem as tarefas escolares com acompanhamento, lancham e às 18 horas voltam para suas casas.

O pastor Walquer citou o caso de quatro crianças que chegaram ao Carvi ainda crianças e hoje são profissionais bem sucedidos: Alexandre Gomes, que se formou em Administração e atualmente é gerente do Banco do Brasil; Andreia Viana e Cristiane Matos, que trabalham e fazem o curso de Serviço Social (a formatura será em setembro) e ainda Djair, formado em Letras, e professor de Português e Inglês.

Cristiane Matos, segundo o diretor, foi enviada à entidade pela Justiça aos dois de idade em situação de abandono. “Nós a acolhemos e mudamos o seu futuro”, declarou, destacando a alegria que sente em acompanhar o desenvolvimento das crianças tanto na área educacional quanto espiritual.


Compartilhar

Skip to content