Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Defensoria realizará atendimento especializado às pessoas em situação de rua

Publicado em:

Os defensores públicos Victor Hugo e Rafael Magalhães junto com o secretário Secretário de Ação Social de Porto Velho, Claudinaldo Rocha.

Os defensores públicos Victor Hugo e Rafael Magalhães junto com o secretário Secretário de Ação Social de Porto Velho, Claudinaldo Rocha.

A Defensoria Pública do Estado (DPE-RO) ofertará atendimento especializado às pessoas que vivem em situação de rua em Porto Velho, visando ao resgate da cidadania. Para tanto, pretende atuar conjuntamente com o Município, por meio de convênio, para fortalecer a rede de atendimento a essas pessoas vulneráveis.

A ação foi discutida semana passada durante reunião com os defensores públicos Victor Hugo e Rafael Magalhães, e com o Secretário de Ação Social do Município, Claudinaldo Leão da Rocha, oportunidade em que foram debatidos os protocolos de atuação e ainda ficou acertada a realização de uma nova reunião com toda a equipe integrante da assistência social para estabelecer mais detalhes da atuação integrada.

O defensor público Victor Hugo afirmou que é necessário ir ao encontro dessas pessoas, pois, devido ao receio de não serem aceitos, dificilmente veem a um órgão público em busca de seus direitos. O atendimento visa à garantia dos direitos da população em situação de rua, em suas mais variadas facetas, e mesmo a facilitar o acesso a documentos básicos como RG, CPF, título de eleitor, além de cadastros necessários ao gozo de benefícios sociais.

O defensor ressaltou ainda a importância do trabalho para quantificar e qualificar as pessoas que vivem em situação de rua na capital. Atualmente, não existem dados referentes a essa questão. “É vital fazer uma busca ativa para localizá-los e verificar quais são as suas necessidades básicas”.

Victor Hugo informou que o Município possui uma Casa de Acolhimento e um Albergue para trânsito, mas o número de vagas ainda é limitado. Também é necessário avançar no sentido de por em funcionamento o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) de Porto Velho.

O Centro POP é um espaço de referência criado para atender os moradores de rua, visando ao desenvolvimento de ações sociais, de solidariedade, afetividade e respeito.

 


Compartilhar