Pular para conteúdo principal

Pandemia: Defensoria Pública de Rondônia inicia testes com Balcão de Atendimento Virtual nos Juizados Especiais da instituição

Publicado em:

Ação foi tomada para garantir atendimento pleno e humanizado de maneira 100% virtual, descartando a necessidade de deslocamento de assistidas e assistidos

A Defensoria Pública do Estado de Rondônia vem adotando diversas modalidades de atendimento alternativas para atender as demandas de assistidas e de assistidos durante o período de suspensão do atendimento presencial, fato ocorrido devido à alta do número de casos de Covid-19 em todo o Brasil.

Neste sentido, a instituição vem acompanhando a implantação do Balcão de Atendimento Virtual pelo Núcleo da instituição com atribuições administrativa e judicial frente aos Juizados Especiais Cíveis, Criminal e da Fazenda Pública, como alternativa ao atendimento às assistidas e aos assistidos.

O defensor público José Alberto de Paula Oliveira Machado, que atua no Núcleo de Juizados Especiais explica que há uma equipe preparada para o atendimento de assistidas e assistidos pelo Balcão Virtual. “Utilizamos um link fixo do google meet: https://meet.google.com/ccf-usbv-pnx que fica disponível das 8h às 13 horas, de segunda à sexta-feira, basta o usuário clicar no link que abre uma sala virtual com o serviço de atendimento do Núcleo de Juizados Especiais”, explica.

Segundo o Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich, a utilização dessa nova modalidade de atendimento pelo Núcleo de Juizados Especiais funcionará como uma espécie de projeto piloto para que sua implantação possa ser estudada por outras titularidades e Comarcas pelo o Estado. “Essa iniciativa do Núcleo de Juizados Especiais da Defensoria Pública é válida e muito importante para que ofertemos mais uma ferramenta de atendimento às assistidas e aos assistidos da Defensoria Pública. Parabenizo aos defensores públicos José Alberto e Raimundo Cantanhede pela ideia e execução, e temos sim a intenção de estender o projeto às demais Comarcas do estado”, explica o Defensor Público.

Defensor Público José Alberto de Oliveira Paula Machado atendendo à assistida com o Balcão de Atendimento Virtual

Balcão de Atendimento Virtual

O defensor público José Alberto explica que o Balcão de Atendimento Virtual às assistidas e assistidos é uma modalidade alternativa que concilia a conveniência e a comodidade de se evitar o deslocamento com a humanização do atendimento virtual, já que o usuário mantêm o contato visual com o servidor da Defensoria Pública.

“Não estamos procurando impor uma nova forma de atendimento, mas sim, procuramos oferecer mais uma ferramenta para a realização desse atendimento, que já tem sido utilizada pela Justiça Federal e pelo Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia”, explica o defensor público. Atualmente o Núcleo adotou quatro modalidades de atendimento, entre elas: a ligação telefônica, a mensagem pelo aplicativo de mensagens (WhatsApp), o balcão de atendimento virtual (videoconferência) e o atendimento presencial.

Para o defensor público, é muito importante esse avanço para uma estrutura de atendimento omnichannel, “ou seja, que adote todas as experiências e individualidades de atendimento. Ainda mais com a pandemia.” O defensor público Raimundo Cantanhede que também atua no Núcleo ressalta: “Para muitos usuários do nosso serviço, a experiência do balcão virtual tem sido mais satisfatória do que o atendimento por whatsapp e presencial.”

Atendimento de qualidade

Segundo a assistida Keitty Pedroso Zuntini, o atendimento por videoconferência é uma alternativa muito
interessante e que auxilia muito os assistidos que tem dificuldade para lidar com tecnologia. “Estou muito satisfeita com o atendimento”, ressalta ela. “Até prefiro o atendimento por videoconferência”, explica. Keitty Zuntini foi auxiliada pela equipe do Núcleo em uma audiência virtual no último dia 11 de fevereiro.


Compartilhar

Skip to content