Pular para conteúdo principal

Defensoria Pública de Rondônia participa de inauguração da nova sede da Escola de Magistratura do Estado de Rondônia

Publicado em:

Nesta última quarta-feira, 30, a Defensoria Pública do Estado de Rondônia participou como instituição convidada da inauguração da nova seda da Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron), do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, que fica localizada na rua Rogerio Weber, 1827, Centro de Porto Velho, antigo Fórum Juíza Sandra Nascimento.

Representando a Defensoria Pública de Rondônia, estava a Diretora da Centro de Estudos da instituição, defensora pública Silvia Primila Garcia Raskovich, que acompanhou a solenidade de inauguração juntamente a demais autoridades convidadas.

“Foi uma honra para a Defensoria Pública participar da inauguração da nova sede da EMERON. Trata-de de importante projeto com vistas à educação em direitos e difusão do conhecimento para os integrantes das carreiras jurídicas do Estado de Rondônia. Aproveitamos a oportunidade para parabenizar os idealizadores da Escola de Magistratura, na pessoa do desembargador Raduan Miguel Filho”, exclamou a defensora pública Silvia Raskovich.

O Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich, também frisou a importância de uma nova sede para a Emeron, ao tempo que parabenizou os gestores e diretores pela realização. “É uma conquista não apenas para o Tribunal de Justiça, a inauguração da nova sede da Emeron, mas também para todo o Sistema de Justiça rondoniense e para a toda a população do estado. Parabenizo o Tribunal de Justiça nas pessoa do seu Presidente, desembargador Marcos Alaor Diniz Grangeia, e do Diretor da Emeron, desembargador Raduan Miguel Filho”.

Nova sede

A nova sede da Emeron oferece diversas atividades e cursos, como por exemplo, as aulas de formação para magistradas e magistrados, servidoras e servidores do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, de outros órgãos, por meio de parcerias e cursos abertos.

É um prédio com previsão de implantação de placas de captação de energia solar, e adequado aos quesitos de sustentabilidade ambiental. Tem capacidade para mais de 480 alunos, com um espaço estruturado para tem espaço adequado para o trabalho dos 70 servidores que compõe a escola, com salas equipadas para que até dez professores lecionem simultaneamente.

O prédio possui também área de convivência, copa, estacionamento interno, dois elevadores e setores administrativo e pedagógico.

Foto de destaque: Comunicação Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia.


Compartilhar