Pular para conteúdo principal

Defensoria Pública de Rondônia participa de evento do Tribunal de Justiça do estado para divulgação e apresentação do Fórum Digital de Extrema

Publicado em:

Nesta segunda-feira, 20 de junho, a Defensoria Pública do Estado de Rondônia participou, como instituição convidada do Tribunal de Justiça de Rondônia, de uma visita institucional ao Fórum Digital de Extrema, distrito pertencente a Porto Velho (localizado a 300 km da capital). Na ocasião, a instituição também participou da divulgação e apresentação do funcionamento do Fórum Digital, bem como dos serviços prestados pelas instituições presentes, a lideranças locais da região.

Representando a Defensoria Pública do Estado de Rondônia, estava o Corregedor-Auxiliar da instituição, defensor público Victor Hugo de Sousa Lima, que integrou comitiva juntamente ao Juiz e Secretário-Geral do TJ-RO, Rinaldo Forti, e ao Vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, Osmar Barneze.

Os Fóruns Digitais são instâncias que permitem o atendimento remoto à populações de localidades distantes aos municípios-sede das Comarcas do estado de Rondônia. Foram instituídos por meio da assinatura do Termo de Cooperação entre o Tribunal de Justiça, Defensoria Pública e outros órgãos, e as prefeituras dos Municípios de Mirante da Serra e de Porto Velho (Extrema).

Os fóruns estão instalados em prédios cedidos pelas prefeituras, contando com um equipe de pessoas que atuam presencialmente (estagiários e servidores municipais) e com todos os equipamentos necessários para a realização do atendimento remoto à população por videoconferência.

Para o Corregedor-Auxiliar da DPE-RO, Victor Hugo, a iniciativa do Tribunal de Justiça constitui ferramenta importante para a promoção e ampliação do acesso à justiça, por aproximar a população do Distrito das instituições, sem a necessidade de deslocamento, que sabe-se ser mais custoso e difícil para as pessoas que vivem naquele distrito.

“A iniciativa do Tribunal de Justiça de criação dos Fóruns digitais representa uma evolução ao acesso à justiça no Estado, por permitir contato facilitado entre as comunidades locais e as instituições participantes, como a Defensoria Pública de Rondônia. Sabemos das dificuldades e ônus enfrentados pelas pessoas para se deslocarem até a sede da Defensoria Pública em Porto Velho e, por isso, a medida é de grande importância”, ressalta o Victor Hugo.


Compartilhar