Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Defensoria Pública do Estado de Rondônia participa de evento em alusão à campanha Agosto Lilás: 17 anos de Proteção à Mulher

Publicado em:

Foto: Wesley Pontes

No último sábado, 5, a Defensoria Pública do Estado de Rondônia esteve presente, representada pela coordenadora do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem), Débora Machado Aragão, na ação de abertura da campanha Agosto Lilás – Lei Maria da Penha: 17 anos de Proteção à Mulher, promovida pela Rede Lilás de enfrentamento a violência doméstica contra a mulher em parceria com diversos parceiros, entres eles a DPE-RO.

O evento aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados (Praça CEU), que fica localizada na Zona Leste de Porto Velho e contou com uma programação de rodas de conversas, exposições artísticas, apresentações musicais e com a Feira da Mulher Empreendedora, entre outras ações, tendo sido iniciado às 14h e finalizado por volta das 21h.

A defensora pública Débora Machado Aragão participou do evento, ministrando a palestra: Lei Maria da Penha – Assistência qualificada para as Vítimas da Defensoria Pública. Débora Machado ressaltou a importância da realização de um evento como esse. “O Agosto Lilás é um mês em que reforçamos a necessidade de combate à violência contra a mulher, sendo imprescindível a atuação em rede para protegermos as vítimas de violência”, ressaltou.

A Coordenadora do Nudem também frisou o principal assunto debatido durante a palestra ministrada. “No evento, ressaltamos a importância da assistência qualificada das vítimas de violência, através da Defensoria Pública, para que sejam devidamente acompanhadas em todos os processos cíveis e criminais, em observância ao disposto nos artigos 27 e 28 da Lei Maria da Penha. Sem dúvidas, foi um evento em que fortalecemos ainda mais a nossa atuação enquanto rede de proteção a mulheres vítimas de todos os tipos de violência”, concluiu.

Agosto Lilás

A campanha Agosto Lilás, de grande relevância social, teve origem no Brasil em 2016, inspirada na Lei Maria da Penha, que completou 10 anos de existência naquele ano. O objetivo principal é conscientizar a sociedade sobre a necessidade de combater a violência contra a mulher em todas as suas formas, sejam elas físicas, psicológicas, sexuais ou patrimoniais.

Ao longo deste mês, diversas ações são promovidas para informar a população sobre a importância da igualdade de gênero, bem como para denunciar e prevenir todo tipo de agressão contra as mulheres. Por meio de palestras, eventos e divulgação nas mídias, busca-se empoderar as vítimas e disseminar conhecimento sobre os seus direitos, enfatizando que a violência não deve ser tolerada em nenhuma circunstância.

Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)
Fotos: Wesley Pontes


Compartilhar

Pular para o conteúdo