Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Defensoria Pública do Estado de Rondônia promove mutirão de ações de reconhecimento de paternidade

Publicado em:

A Defensoria Pública do Estado de Rondônia promoverá no próximo sábado, 19, das 8h às 12h (Porto Velho e interior) e das 14h às 18h (somente em Porto Velho), uma nova edição do projeto nacional Meu Pai Tem Nome, um mutirão de atendimentos ao público voltado à promoção de ações de reconhecimento de paternidade e demais questões envolvendo a parentalidade, como ações de investigação de paternidade, execução de alimentos etc. O evento foi idealizado e conta com a coordenação nacional do Conselho Nacional de Defensoras e Defensores Públicos Gerais (Condege) e participação das Defensorias Públicas em todo o país.

O mutirão ocorrerá em todos os Núcleos da DPE-RO nas 23 Comarcas do Estado de Rondônia. Em Porto Velho, o projeto será realizado na unidade móvel da Defensoria Pública do Estado de Rondônia (projeto Defensoria em Movimento), que ficará estacionada à frente do prédio-sede da instituição e no Posto de Atendimento Avançado da Defensoria Pública na Zona Leste.

A edição deste ano, acessível em Libras, oferecerá diversos serviços como reconhecimento de filiação, educação em direitos, mediação e conciliação, maternidade e paternidade afetiva. O evento também terá a participação de parceiros como a Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Estado de Rondônia (Adepro), que patrocinará a realização de 20 exames de paternidade às assistidas e assistidos, e com o apoio do projeto Açaí em Libras que desenvolverá atividades lúdicas e recreativas para as crianças.

“Sabemos que a paternidade é um aspecto importante na vida de cada pessoa, trazendo consigo laços de amor, responsabilidade e direitos. No entanto, muitos de nossos concidadãos enfrentam a incerteza e as dificuldades associadas à ausência de reconhecimento legal de suas relações paternais. Essa situação afeta não apenas os filhos, mas também os pais que desejam ser parte ativa na vida de seus descendentes”, explica o Defensor Público-Geral, Victor Hugo de Souza Lima.

“Por esta razão, estamos mais uma vez em consonância com as Defensorias Públicas estaduais de todo o país realizando neste mês mais uma edição do projeto Meu Pai Tem Nome. Convido todos os interessados, sejam eles pais em busca de reconhecimento, filhos em busca de suas raízes ou defensores da justiça social, a se unirem a nós nesse esforço coletivo. Nosso mutirão será uma celebração do direito à identidade e ao pertencimento”, ressalta Victor Hugo.

Projeto Meu Pai Tem Nome 2023
Data: 19 de agosto
Horário: 8h às 12h (Porto Velho e Interior) e 14h às 18h (Porto Velho)
Locais: Em Porto Velho: prédio-sede da DPE-RO (Avenida Jorge Teixeira, nº 1722, Embratel); Posto de Atendimento Avançado da Zona Leste (Avenida José Vieira Caúla, nº 5371, Bairro Igarapé); demais Comarcas do Estado, veja a relação de endereços aqui: https://shre.ink/aeAI.


Compartilhar

Pular para o conteúdo