Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Com atuação extrajudicial, DPE-RO consegue religar energia elétrica em estabelecimento comercial

Publicado em:

A atuação rápida e eficaz da Defensoria Pública de Rondônia, representada pelo Defensor Público Leonardo Werneck de Carvalho, foi fundamental para resolver um problema enfrentado por um assistido. O assistido procurou o Núcleo da Cidadania (Tudo Aqui) em busca de auxílio após ter ido à concessionária de energia, solicitando o restabelecimento do fornecimento de energia elétrica em seu imóvel. Contudo, mesmo após o prazo informado pela concessionária, o serviço não havia sido realizado, afetando gravemente sua fonte de renda.

O assistido, um autônomo que administra uma barbearia, viu-se impossibilitado de exercer suas atividades no local devido à falta de energia, resultando em prejuízos financeiros, uma vez que sua barbearia era sua única fonte de renda.

Diante dessa situação delicada, o Defensor Público, sensível à urgência do caso, optou por uma atuação extrajudicial. Foi enviado ofício para a concessionária de energia, solicitando a religação imediata do serviço em caráter de urgência. Graças à intervenção rápida da Defensoria Pública, a energia foi restabelecida no mesmo dia, permitindo que o assistido retomasse suas atividades na barbearia.

Essa ação demonstra o compromisso da Defensoria Pública de Rondônia em garantir o acesso à justiça e a defesa dos direitos fundamentais da população, especialmente em situações que afetam diretamente a subsistência e o sustento dos cidadãos. 

A atuação extrajudicial efetiva e célere da Defensoria possibilitou a solução imediata de um problema que impactou significativamente a vida e o sustento do assistido, reafirmando o papel fundamental da instituição na busca por justiça social e resolução de conflitos para o bem-estar da comunidade.


Compartilhar

Pular para o conteúdo