Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Nova cúpula diretiva do Tribunal de Justiça de Rondônia assume compromisso com a justiça em sessão de posse

Publicado em:

Na sessão solene realizada no dia 14 de dezembro, o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) deu posse à nova cúpula diretiva que liderará a instituição no biênio 2024-2025. O novo presidente, o desembargador Miguel Raduan Filho, juntamente com o vice-presidente, desembargador Glodner Luiz Pauletto e o corregedor-geral, desembargador Gilberto Barbosa Batista dos Santos, assumiram seus cargos em um momento de expectativas e compromissos renovados com a justiça no estado.

O Defensor Público-Geral de Rondônia, Victor Hugo de Souza Lima, como integrante do dispositivo de honra, prestigiou a cerimônia de posse. “A nova cúpula diretiva do TJ-RO assume o desafio de promover uma justiça ainda mais ágil, eficiente e acessível, comprometida com a ética e a equidade. A integração entre o Tribunal de Justiça e a Defensoria Pública de Rondônia fortalece o sistema judiciário estadual, possibilitando uma atuação conjunta em prol da sociedade e da efetivação dos direitos dos cidadãos”, ressalta.

A presença do Defensor Público-Geral na cerimônia de posse evidencia a sinergia existente entre ambas as instituições, cujo objetivo é garantir uma prestação jurisdicional de qualidade e uma atenção especial às demandas da população mais vulnerável.

Essa união estratégica entre o TJ-RO e a DPE-RO reafirma o compromisso conjunto em aprimorar a justiça em Rondônia, buscando a construção de um sistema judiciário mais eficaz, humano e alinhado com as necessidades da sociedade. A posse da nova diretoria do Tribunal de Justiça é um marco que renova os votos de cooperação e trabalho conjunto em prol do fortalecimento do Estado Democrático de Direito.

Na posse, também assumiram os novos dirigentes da Escola da Magistratura (Emeron). Como novo diretor assume o desembargador Alexandre Miguel e como vice-diretor, o juiz Johnny Gustavo Clemes.


Compartilhar

Pular para o conteúdo