Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Pesquisa Nacional da Defensoria Pública (2023) é divulgada e Rondônia apresenta números relevantes

Publicado em:

Você deseja saber mais sobre a Defensoria Pública?

Para aquelas e aqueles que desejam se informar sobre o atual estágio de desenvolvimento institucional das Defensorias Públicas em todo o país, a Pesquisa Nacional da Defensoria Pública de 2023 está disponível para consulta em portal online próprio, que pode ser acessado por meio do link: https://pesquisanacionaldefensoria.com.br/.

Com dados consolidados em agosto deste ano, o estudo promoveu a coleta das mais recentes informações sobre a estrutura e sobre o estágio de implementação geográfica das Defensorias Públicas no território nacional, além de realizar a avaliação sobre a distribuição demográfica daqueles que recebem os serviços jurídico-assistenciais de maneira gratuita.

Dados completos como números de defensoras e defensores por estado, número de comarcas atendidas, distribuição geográfica dos Núcleos, perfil e carreira de servidores e defensores, dados econômicos e de atendimento, dentre muitas outras informações, podem ser consultadas no site da pesquisa, além de análises estáticas, quantitativas e qualitativas da atuação defensoria estadual e nacionalmente.

A pesquisa é uma iniciativa do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege), em conjunto ao Conselho Nacional das Corregedoras e Corregedores Gerais (CNCG) e a Defensoria Pública da União (DPU), com apoio da Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Federais (Anadef).

A pesquisa contou com a participação de 3.134 defensoras e defensores públicos e 2.588 servidoras e servidores da Defensoria Pública da União, do Distrito Federal e dos Estados. E Rondônia apresenta dados expressivos, como por exemplo, a quantidade total e a porcentagem de comarcas atendidas, sendo que nosso estado é um dos 11 do país em que a cobertura abrange plenamente todas as comarcas.

O Subdefensor Público-geral de Rondônia, Marcus Edson de Lima, é um dos que compõem a coordenação da pesquisa. “A pesquisa é um banco de dados fundamental para a Defensoria Pública brasileira. É um levantamento que vai facilitar no mapeamento das necessidades orçamentárias e otimizar os gastos, bem como dirigir políticas públicas voltadas ao papel que constitui o cerne da instituição, que é atender aos assistidos de forma que a justiça chegue para todos.”


Compartilhar

Pular para o conteúdo