Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Rede Lilás concede à Defensoria Pública de Rondônia certificado por “Atitude pelo Fim da Violência contra Meninas e Mulheres”

Publicado em:

A atuação da Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO) pelo fim da violência contra as mulheres foi reconhecida na terça-feira, 12 de dezembro, durante a última reunião de 2023 da Rede Integrada Laço Lilás, da qual a instituição faz parte, por meio do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem). 

Durante a reunião, que teve como objetivo a construção do Plano de Ação da Rede Lilás para 2024, a equipe do Nudem da DPE-RO recebeu, em nome da Defensoria Pública, o certificado do prêmio “Atitude pelo Fim da Violência contra Meninas e Mulheres”, na categoria “atendimento à mulher em situação de violência”. 

A Diretora do Nudem, Débora Machado, agradeceu pela premiação destinada à Defensoria Pública e reiterou o compromisso do Nudem na promoção dos direitos da mulher e no combate à violência de gênero. 

Também participaram da reunião da Rede Lilás, as servidoras Jailena Cabral da Luz Coelho (Assistente Social) e Natasha Souza Matos (Psicóloga).

Rede Lilás 

A criação da Rede Lilás em Porto Velho, em 2010, surgiu da necessidade de unir instituições, órgãos, agentes e indivíduos que colaboram de forma integrada e cooperativa para combater a violência doméstica e familiar contra a mulher, com foco na proteção e assistência.

Tanto as entidades, organizações e coletivos quanto as ativistas e profissionais envolvidos na Rede Lilás e comprometidos com a defesa dos direitos humanos de mulheres e meninas no estado assumiram a responsabilidade de dedicar esforços para estruturar e fortalecer as atividades da Rede. Este desafio representa um processo exigente, porém essencial, na busca por promover a harmonia nos lares e assegurar os direitos das mulheres.


Compartilhar

Pular para o conteúdo