Defensoria paulista sedia reunião do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais

Imprimir

O Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege), sob presidência do Defensor Público-Geral do Estado de Rondônia, Marcus Edson de Lima, realizou na sexta-feira (27) reunião ordinária na sede da Defensoria Pública de São Paulo. Entre outros assuntos constantes da pauta do encontro, foi debatido o andamento do PLC 80/2018 no Senado Federal, que determina a obrigatoriedade da Defensoria Pública ou de Advogado privado em conciliações, a manifestação de representantes de comissão de imigrantes e refugiados e o Termo de Cooperação do Condege sobre a realização de peticionamento integrado entre diversas Defensorias Públicas.

O Condege tem função de coordenação e articulação dos interesses comuns das Defensorias Públicas existentes no país, bem como promover e incentivar práticas administrativas e de gestão voltadas ao aperfeiçoamento institucional. O Defensor-Geral de SP, Davi Depiné, atual vice-presidente do Colegiado, na condição de anfitrião do evento, deu as boas-vindas aos demais presentes e falou sobre a importância do encontro entre Defensores-Gerais de todo o país.

Estiveram presentes as Defensoras Públicas e Defensores Públicos Roberta de Paula Caminha Melo (AC), Ricardo Antunes Melro (AL), Rafael Vinheiro Monteiro Barbosa (AM), Clériston Cavalcante de Macêdo (BA), Leonardo Antônio de Moura Júnior (CE), Maria José Silva Souza de Nápolis (DF), Giuliano Monjardim Valls Piccin (ES), Ângela Rosseti Chamorro Belli (MS), Maria Madalena Abrantes Silva (PB), Eduardo Pião Ortiz Abraão (PR), Erisvaldo Marques dos Reis (PI), André Luís Machado de Castro (RJ), Marcus Vinicius Soares Alves (RN), Antônio Flávio de Oliveira (RS), Marcus Edson de Lima (RO), Terezinha Muniz de Souza Cruz (RR), José Leó de Carvalho Neto (SE), Murilo da Costa Machado (TO), Gabriel Oliveira Faria (DPU), Antônio José Maffezoli Leite (Anadep) e Igor Roberto Albuquerque Roque (Anadef).

Fonte: Ascom DPE-SP.