.
Banner
Você está aqui: Home

Marcus Edson finaliza sua gestão como Presidente do Condege

E-mail Imprimir

Nesta sexta-feira, 31 de maio, o Defensor Público-Geral, Marcus Edson de Lima, finalizou sua gestão como Presidente do Colégio Nacional de Defensores Públicos Gerais (Condege) ao dirigir a XXVIII Reunião Ordinária do colegiado, que entre outras pautas definiu José Fabrício de Lima, Defensor Público-Geral do Pernambuco, como novo Presidente do Colégio (2019/2020).

Durante o encontro, Marcus Edson relembrou da sua trajetória à frente do Condege e agradeceu a todos pelo ano de conquistas e realizações para a Defensoria Pública. “Representar nacionalmente uma instituição tão importante para o funcionamento do sistema de Justiça Brasileiro e para a promoção da cidadania das pessoas em situação de vulnerabilidade foi um grande mas prazeroso desafio. Ao longo deste ano, acumulamos vitórias e conquistas para a instituição, para a classe dos Defensores Públicos e principalmente para a população brasileira”, afirmou emocionado, Marcus Edson de Lima.

“Quero aqui agradecer a toda a diretoria que trabalhou em conjunto para que alcançássemos todas as realizações do último ano, e quero desejar muito sucesso ao novo Presidente do Condege: o Defensor Público-Geral de Pernambuco, José Fabrício Silva de Lima. Tenho certeza que terá uma brilhante atuação no colegiado”, pontuou.

José Fabrício agradeceu a todos pela sua atuação à frente do Colegiado. “Ao mesmo tempo reafirmo nosso compromisso de trabalharmos pelo fortalecimento da Defensoria Pública Brasileira. Agradeço a Marcus Edson Lima (DPG-RO), pela gestão exitosa à frente do CONDEGE nos últimos 12 meses. Felicito toda diretoria, Davi Pine (DPG-SP) e Mariana Lobo (DPG-CE). Neste período, se constatou inúmeras ações do CONDEGE, que credenciam o colegiado como maior representante dos anseios da Defensoria Pública Brasileira. Dedico esta conquista a todos da nossa equipe de gestão, pois sem o trabalho abnegado de cada um de vocês, tal honraria de presidir o CONDEGE não teria sido possível”, afirmou.

Joomlart