.
Banner
Você está aqui: Home

Núcleo Maria da Penha realiza ações em comemoração aos 13 anos da Lei

E-mail Imprimir

A Lei Maria da Penha, Lei nº 11.340 de 2006, completou, no último dia 07 de agosto, 13 anos de sua promulgação, e para comemorar a data e relembrar a importância da criação da legislação, o Núcleo Maria da Penha da Defensoria Pública de Rondônia realizou uma série de ações durante o mês.

“Temos sempre que nos lembrar que a importância da Lei Maria da Penha vai além de seu principal objetivo, que é coibir a violência familiar e doméstica contra a mulher, pois trouxe inúmeros avanços também em relação às questões de contabilização de casos e de produção de estudos e pesquisas do fenômeno da violência”, afirma a coordenadora do Núcleo Maria da Penha, Silmara Borghelot.

Caminhada

A primeira ação realizada pelo Núcleo aconteceu no dia 07 de agosto, em parceria com a Rede Lilás de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, que consistiu em uma caminhada no Espaço Alternativo de Porto Velho.

“Reunimo-nos com a equipe da Rede Lilás para promover uma caminhada de conscientização, na qual transmitimos informações sobre direitos e proteção à mulher vítima de violência. Além disso, também procuramos conscientizar os homens acerca da violência por meio de um ato simbólico”, afirmou Silmara Borghelot.

Ato musical

Na última sexta-feira, 16, o Núcleo Maria da Penha também procurou conscientizar as pessoas sobre a questão da violência doméstica, desta vez por meio de palestras e da música. A Defensora Pública visitou os três Núcleos de atuação da DPE-RO em Porto Velho, acompanhada da equipe do Núcleo Maria da Penha, e das cantoras convidadas Carol Aguiar, Márcia Aguiar, Sara Gabriela e Silvânia Pinto Souza, que cantaram as músicas Maria, Maria de Milton Nascimento, e Mulher, música autoral de Carol Aguiar.

A ação começou na sede da Defensoria Pública, e foi realizada, em seguida, no Posto de Atendimento da Zona Leste e no Núcleo da Cidadania no Tudo Aqui. “Conseguimos atingir muitas pessoas com as palestras e com as músicas que foram performadas pelas cantoras convidadas”, afirma Silmara.

 

Joomlart