DPE-RO discute empregabilidade de imigrantes com MPT e representantes de instituições

Imprimir

Na manhã de quarta-feira, 18, a Defensoria Pública do Estado de Rondônia, através do Corregedor-Geral da DPE-RO, Marcus Edson de Lima e da Ouvidora Geral, Valdirene de Oliveira, reuniu-se com o Procurador do Trabalho Carlos Alberto, e com as representantes das instituições Cáritas e Levanta-te e Anda, Maristela e Clesely, para discutir as dificuldades encontradas pelos imigrantes em situação de rua e refugiados de Porto Velho em conseguir capacitação para o mercado de trabalho.

Na ocasião, as representantes das instituições apresentaram o projeto de empregabilidade de imigrantes e refugiados para todos. O Corregedor-Geral, Marcus Edson de Lima, abordou a importância da elaboração de cursos para capacitar os imigrantes, principalmente em áreas que tenham bastante demandas de emprego .

As representantes das instituições Cáritas e Levanta-te e anda, enfatizaram que o objetivo principal é de ajudar os imigrantes em parceria com Defensoria Pública do Estado de Rondônia e Ministério Público do Trabalho.

O Defensor Público Marcus Edson de Lima ressaltou a produtividade da reunião e mencionou que foram dados encaminhamentos no sentido de buscar fortalecer projetos envolvendo população em situação de rua, tratativas com empresas de transportes rodoviários para, em parceria com o poder público, contribuir nas demandas trazidas por essa população e, por fim, buscarão no começo do ano parcerias para qualificação profissional de pessoas em situação de rua.

“Admiramos muito o trabalho da Defensoria Pública de Rondônia, que vem nos ajudando e desenvolvendo um trabalho excelente”, afirma Maristela