.
Banner
Você está aqui: Home

Nota de solidariedade ao povo indígena Uru Eu Wau Wau

E-mail Imprimir

A Defensoria Pública do Estado de Rondônia ( ou o Núcleo em defesa dos Direitos Humanos e da Coletividade) manifesta sua solidariedade ao povo indígena Uru Eu Wau Wau, ao mesmo tempo em que repudia o assassinato do professor Ari Uru Eu Wau Wau, cujo corpo foi encontrado com sinais de espancamento na manhã do último sábado, dia 18 de abril de 2020, na Linha 625 de Tarilândia, no distrito de Jaru/RO.

Para a Associação das Guerreiras Indígenas de Rondônia (AGIR), o caso ocorre num contexto de invasões e loteamentos de não indígenas dentro da Terra do povo Uru Eu Wau Wau, o que levanta suspeitas sobre a relação destas invasões com o assassinato.

Assim como a AGIR, a DPE-RO (ou NUDHC) enfatiza a necessidade da efetiva investigação e da apuração do assassinato do professor. A morte de um indígena nestas condições, às vésperas de uma data comemorativa como o Dia Nacional do Índio, demonstra não somente a urgência de um trabalho rigoroso na apuração das ocorrências criminais envolvendo indígenas, mas também uma ação mais enfática na proteção e preservação das reservas e comunidades indígenas.

Continuamos na defesa do povo indígena e dos seus direitos.

Joomlart