Defensoria firma Termo de Cooperação para participar do projeto “Mestrado em Direitos Humanos"

Imprimir

A Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO) passou a integrar o projeto “Mestrado em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça (DHJUS), ofertado pela Universidade Federal de Rondônia (Unir) em parceria com a Escola da Magistratura (Emeron) do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RO), no último dia 20 de novembro, com a publicação do acordo de Cooperação Técnica n°5/2020, assinado pelo Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich.

O acordo disponibilizará quatro vagas do programa de Mestrado a membros e servidores da Defensoria Pública de Rondônia, que serão ofertadas por meio de um processo seletivo anual. A duração do projeto tem início previsto para o mês de março de 2021 e conclusão em março de 2026. Também passa a integrar o termo de cooperação o Ministério Público do Estado de Rondônia

O DHJUS é um programa de Mestrado interdisciplinar, que envolve docentes de 7 departamentos e 4 núcleos da Universidade Federal de Rondônia, e que possui o intuito de fortalecer os grupos de pesquisa existentes na UNIR e de propiciar a criação de novos grupos que pesquisem temas como direitos humanos e o desenvolvimento da justiça no contexto amazônico.

A inclusão de vagas destinadas a membros e servidores dos órgãos de Justiça no projeto busca promover a qualificação de membros e servidores do sistema Judiciário de Rondônia em nível de pós-graduação stricto sensu, para que haja um impacto positivo na prestação jurisdicional e nas demais atividades desenvolvidas pelas instituições. Além das vagas para a DPE-RO, MP-RO e TJ-RO, o DHJUS oferece 6 vagas na modalidade de ampla concorrência.

“Mais uma vez reafirmamos o compromisso da Defensoria Pública com a qualificação técnica e acadêmica de sua equipe. Conseguir este espaço exclusivo para a instituição em um programa tão importante para a produção de pesquisas no âmbito dos Direitos Humanos e Justiça como é o DHJUS, é realmente uma vitória que vai se refletir em ganhos não somente para a DPE-RO, mas para a toda a sociedade”, afirma o Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich.