Pular para conteúdo principal

Governo e Defensoria discutem liberação de terreno para construção da sede

Publicado em:

Juscelino Amaral, o DPG Cândido, corregedor Fontoura e Àlvaro Lustosa durante a reunião

Juscelino Amaral, o DPG Cândido, corregedor Fontoura e Àlvaro Lustosa durante a reunião

Os terrenos para construção da sede administrativa da Defensoria Pública do Estado (DPE-RO) na capital e dos núcleos da DPE em quatro municípios foram pauta da reunião realizada nesta quinta-feira (14)  com o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Juscelino Amaral, o defensor público-geral do Estado, José Francisco Cândido, o corregedor-geral da DPE, Antônio Fontoura Coimbra e o diretor do patrimônio imobiliário do Estado, Àlvaro Lustosa.

O DPG Cândido afirmou que a Defensoria Pública tem como meta a  construção das sedes dos núcleos da instituição nos municípios de Pimenta Bueno, Ouro Preto do Oeste, Vilhena, Presidente Médici e a sede administrativa em Porto Velho.

Ele afirmou que o deputado estadual Jaques Testoni se comprometeu a elaborar, por meio de sua equipe técnica, projeto embrião para construção dos núcleos nos quatro municípios. Álvaro Lustosa destacou a importância da Defensoria Pública ter prédios padronizados em todos os municípios onde atua.

O chefe da Casa Civil declarou que a preocupação do Governo nessa parceria é construir a sede da DPE, resgatando, assim, a cidadania do cidadão. “Se o advogado é o primeiro embate do cliente, o defensor público é o primeiro psicólogo”, declarou Juscelino.


Compartilhar

Skip to content