Pular para conteúdo principal

Apresentação da peça Bizarrus marcará a abertura oficial da I Jornada da Defensoria Pública de RO

Publicado em:

Os convidados para a abertura oficial da I Jornada da Defensoria Pública de Rondônia assistirão a uma apresentação especial da peça Bizarrus, nesta quinta-feira (22), às 18 horas, no teatro do Sest/Senat, na BR 364, sentido Ariquemes. Os componentes da Bizarrus são formados por apenados do sistema prisional do Estado. A Jornada está sendo organizada pela Defensoria Pública do Estado(DPE-RO) e Associação dos Membros da Defensoria Pública (Amdepro).

A peça vem sendo encenada há 13 anos. Ela conta a história de vida dos presos, com forte dramatização. Dirigida por Marcello Felice, o projeto visa à transformação dos apenados por meio da arte. O diretor explica que o texto é forte e serve como um momento de catarse, uma vez que mexe com o íntimo dos atores envolvidos no processo. O projeto já foi levado a São Paulo, Brasília, Bahia, Belém e Recife.

O sucesso do projeto fez surgir a ONG Acuda (Associação Cultural de Desenvolvimento do Apenado e Egresso) em 2001. A ONG trabalha com uma média de 100 a 120 apenados em sistema de rodízio.  São disponibilizadas sessões de massoterapia, reike, yoga, gestal, terapia comunitária, banho de argila, encontros familiares, atendimento odontológico e psico-social.

Os presos participam ainda de oficinas de produção de tapeçaria em tear, cerâmica, cone chinês e marcenaria. Em 2013, será exibida uma nova peça, a Toco do Mundo – os atores já estão ensaiando. Já passaram pelos três projetos- Bizarrus, Acuda e Toco do Mundo- cerca de 1.800 apenados.

Programação/ Jornada

As palestras da I Jornada ocorrerão na sexta-feira (23), no auditório Sapucaia, na Faculdade São Lucas. Serão abordados temas como “As Tendências Jurisprudenciais sobre a Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos no Estado Democrático de Direito”, com a defensora do Rio de Janeiro Luciana da Mota e “Os Instrumentos Jurídicos de Regularização Fundiária das Áreas de Preservação Permanente”, com o palestrante Francisco Alves da Cunha Horta Filho, defensor público do Rio de Janeiro.

O juiz amazonense Gildo Alves de Carvalho Filho discorrerá sobre “A Defensoria Pública e o Poder Judiciário, garantindo Cidadania Plena na Área da Família:Teoria e Prática”.

“A Defesa Criminal, a Prisão em Flagrante nos Crimes da Lei de Drogas e o Papel do Defensor Público como Agente Político”, será abordado pelo defensor público da Bahia Daniel Nicory do Prado.

Por fim, encerrando a Jornada, a defensora pública do Rio do Janeiro Adriana Britto focará o tema “Instrumento de Participação Popular da Defensoria Pública”.

 


Compartilhar