Pular para conteúdo principal

Com nova estrutura, Defensoria da zona leste deve dobrar o número de atendimentos

Publicado em:

A inauguração do prédio foi feita nesta segunda-feira (19) pela manhã, com a presença do Padre Enzo  e do defensor geral, Antonio Fontoura

A inauguração do prédio foi feita nesta segunda-feira (19) pela manhã, com a presença do Padre Enzo e do defensor geral, Antonio Fontoura

O número de atendimentos no posto avançado da Defensoria Pública de Rondônia (DPE-RO) na zona leste da capital, que é de 350 ao mês, deve dobrar a partir de agora com a inauguração do novo prédio, ocorrida nesta segunda-feira (19). Participaram da solenidade, o  defensor público-geral do Estado, Antonio Fontoura Coimbra, o Padre Enzo, o subdefensor geral, Edvaldo Caires Lima, o defensor público responsável pelo posto avançado, Leonardo Werneck, assistidos e a imprensa.

 

O posto continua funcionando dentro da área pertencente à Associação São Tiago Maior, na rua Mané Garrincha,  3154,  Bairro Socialista, porém  a nova estrutura conta com amplo espaço, incluindo  três salas de atendimento individual, sala de espera refrigerada, cozinha e banheiro. A área é toda cercada por árvores. “A antiga estrutura se tornou pequena, sem espaço suficiente para acomodar os assistidos, por isso fechamos mais essa parceria com o Padre Enzo para usarmos esse prédio que foi construído recentemente”, declarou o defensor geral.

 

Formado por uma média de 18 bairros, a zona leste é uma mais das populosas da capital. Antes da instalação do antigo posto, há cerca de dois anos, os assistidos que precisavam de atendimento jurídico gratuito tinham que se deslocar até o Núcleo da Cidadania, no Shopping Cidadão, na região central da cidade. “Eu precisava pedir pensão alimentícia para os meus filhos e não tinha como ir ao Shopping Cidadão porque perdia muito tempo. Agora, com o posto aqui na zona leste é diferente, ficou tudo mais fácil”, afirmou a assistida Claudia Maria dos Santos.

 

O posto avançado funciona das 7:30 às 13:30. O atendimento é feito por ordem de chegada, com a distribuição de senhas. São disponibilizados serviços jurídicos gratuitos nas áreas de Direito de Família, Direito Civil, Direito do Consumidor, Direito dos Idosos, Direito da Criança e do Adolescente, Ações Coletivas e outras ações, como defesa do servidor público, execução fiscal e questões agrárias e possessórias. O assistido pode obter também informações sobre o andamento do processo.

 


Compartilhar