Pular para conteúdo principal

Ouro Preto: Defensoria construirá a primeira unidade padronizada no interior

Publicado em:

O contrato foi assinado pelo defensor público-geral, Antonio Fontoura, e o proprietário da empresa Mega Construções, Luis Camargo

O contrato foi assinado pelo defensor público-geral, Antonio Fontoura, e o proprietário da empresa Mega Construções, Luis Camargo

O defensor público-geral do Estado, Antonio Fontoura Coimbra, assinou nesta sexta-feira, 14-02, o contrato para construção do prédio que abrigará o Núcleo da Defensoria Pública do Estado em Ouro Preto do Oeste.

A obra será executada pela empresa Mega Construções, de Rolim de Moura. A edificação inicia em março, com prazo de 120 dias para conclusão. Esta é a primeira unidade padronizada da instituição a ser construída.

Fontoura afirmou que os prédios das unidades da DPE que forem erguidos partir de agora seguirão o mesmo layout elaborado para Ouro Preto.

Serão 381 metros quadrados de área construída. O terreno, medindo 675 metros quadrados, foi resultado de doação feita pelo Executivo Municipal, com o aval da Câmara de Vereadores. A área está localizada ao lado do prédio onde funciona a Ordem dos Advogados do Brasil – OAB.

O secretário-geral do Conselho Superior da DPE, defensor público Valmir Fornazari, e corregedor-auxiliar da DPE, Hélio Vicente de Matos participaram da solenidade

O secretário-geral do Conselho Superior da DPE, defensor público Valmir Fornazari, e corregedor-auxiliar da DPE, Hélio Vicente de Matos participaram da solenidade

Essa obra será um marco para a Defensoria Pública. Conseguimos concretizá-la mediante o empenho de algumas pessoas que, infelizmente, não se encontram presente a este ato de assinatura tão importante para a instituição”, afirmou Antonio Fontoura, acrescentando que a sua administração tem como meta contemplar outras unidades da DPE com novas edificações.

“Estamos vendo a questão do orçamento para colocarmos alguns desses projetos em andamento”, declarou. A intenção do defensor público-geral é construir também a sede da Defensoria na Capital. O terreno já está disponível. “Precisamos dotar a sede da Defensoria e as unidades (interior) com melhor estrutura para que o assistido tenha mais conforto e qualidade no atendimento”, ressaltou.

Layout: a edificação terá linhas modernas, padrão que será adotado nas demais construções a serem executadas pela Defensoria Pública no interior

Layout: a edificação terá linhas modernas, padrão que será adotado nas demais construções a serem executadas pela Defensoria Pública no interior

Prédio ocupado atualmente pela DPE tem estrutura física inadequada

Prédio ocupado atualmente pela DPE tem estrutura física inadequada

 

 


Compartilhar

Skip to content