Pular para conteúdo principal

DPE compõe equipe do Ressoar; serão analisados 4.500 processos da comarca de Porto Velho

Publicado em:

: Os defensores públicos Hans Lucas Immich(D) e  Yassuo Trojahn Hayash(E) participam do mutirão

: Os defensores públicos Hans Lucas Immich(D) e Yassuo Trojahn Hayash(E) participam do mutirão

Os 4.500 presos do complexo penitenciário da Capital, composto por 12 unidades prisionais, terão os seus processos revisados pela equipe do projeto Ressoar,cujo trabalho iniciou no dia 25 deste e encerra em 25 de outubro. O Ressoar é promovido pelo Tribunal de Justiça do Estado, em parceria com o Ministério Público (MP-RO) e Defensoria Pública do Estado (DPE-RO).

Será um mutirão para revisão processual, sem a necessidade da presença do apenado, uma vez que eles responderam um questionário previamente. Esse questionário encontra-se anexo aos autos para ser analisado pela equipe do Ressoar.

O defensor público Hans Lucas Immich, coordenador da Vara de Execuções Penais da DPE-RO,  afirmou que após o encerramento do Ressoar, a equipe irá pessoalmente repassar as informações aos presos. Participam também do mutirão, o defensor público Yassuo Trojahn Hayash e  dois assistentes da DPE – Carlos Eduardo dos Santos e Rafaela Aguiar Zúniga.

O projeto foi idealizado pelo Judiciário rondoniense em 2004 e faz parte dos pontos que integram o acordo assinado com a OEA para melhoria das condições da estrutura física e humana no sistema prisional de Rondônia.

 

 

 

 

 


Compartilhar

Skip to content