Pular para conteúdo principal

Sorteados os defensores públicos para participarem do Curso de Mediação na Espanha

Publicado em:

Os defensores públicos Lúcia Pereira, da comarca de Alta Floresta; e João Luís Sismeiro, da comarca de Porto Velho, foram os sorteados para participarem do Curso Intensivo de Mediação Policial, a ser realizado na cidade de Vila-Real, na Espanha, no período de 19 a 23 de setembro deste ano. As vagas oferecidas eram destinadas exclusivamente para os membros da Defensoria Pública do Estado de Rondônia.

O sorteio foi realizado nesta sexta-feira, 24, na sala de reuniões do prédio-sede da instituição, pelo Secretário do Conselho Superior da Defensoria Pública, defensor público Kelsen Henrique,  na presença do Defensor Público-Geral do Estado, Marcus Edson de Lima; do Subdefensor Público-Geral do Estado, Antonio Fontoura Coimbra; do Chefe de Gabinete, defensor público Valmir Fornazari, do defensor público Vitor Carvalho, e dos servidores Daniel Auller e Gildo Afonso.

Os dois defensores públicos contemplados assumirão o compromisso de continuarem vinculados às atividades da instituição pelo prazo mínimo de um ano após o fim do curso, sob pena de devolução dos valores custeados.

Marcus Edson de Lima afirmou que os investimentos na qualificação do defensor público revertem diretamente na melhoria do trabalho em prol da população assistida pela instituição, por isso a Administração Superior assegura a importância da qualificação.

Os defensores públicos Lúcia Pereira e João Sismeiro foram os sorteados para fazerem o curso na Espanha

Os defensores públicos Lúcia Pereira e João Sismeiro foram os sorteados para fazerem o curso na Espanha

Custos

Os sorteados não pagarão a inscrição ou custeio do curso. A DPE-RO arcará exclusivamente com os custos das passagens aéreas dos trechos ida e volta de São Paulo – SP a Valência, na Espanha, nas datas dos dias 17 e 25 de setembro. 

Os demais gastos, inclusive referentes à hospedagem, alimentação e deslocamento serão de responsabilidade dos defensores públicos contemplados. Não serão pagas diárias.

O curso é organizado pela Escola de Formação Policial (EFOPOL), em colaboração com a Cátedra Mediação Policial da Espanha. A EFOPOL cedeu as vagas para o Governo o Estado e este disponibilizou duas para a Defensoria Pública e duas para o Ministério Público

Texto: Emilia Araújo


Compartilhar

Skip to content