Pular para conteúdo principal

Defensoria participa do Café Jurídico promovido por estudantes da Unir

Publicado em:

Legenda: Os Defensores Público Victor Hugo e Kelsen Henrique participaram do bate-papoA Defensoria Pública do Estado, por meio do Centro de Estudos da Instituição, participou de uma rodada de conversa na quinta-feira,18, durante o Café Jurídico, na Livraria Exclusiva. O evento é promovido pelo Centro Acadêmico de Direito 5 de Outubro, da Unir, em parceria com professores do curso.

Participaram do bate-papo os defensores públicos Kelsen Henrique e Victor Hugo. Eles falaram da Defensoria Pública como meio de acesso à Justiça. O diretor do Centro de Estudos, defensor público Diego de Azevedo Simão, afirmou que o objetivo é integrar a Instituição à comunidade acadêmica através de encontros, bate-papos e palestras.

Esta é a primeira vez que os organizadores realizam o café Jurídico fora do ambiente acadêmico. “Acredito que os defensores e os estudantes gostaram da ideia, pois, por ser um ambiente mais informal, os alunos se sentem mais à vontade para interagir”, declarou o presidente do Centro Acadêmico Juan Irineu Silva.

“Nossa Instituição – a mais nova das republicanas – ainda é pouco conhecida na academia e essa interação é essencial para que eles conheçam a importância da Defensoria Pública na sociedade”, declarou Kelsen Henrique.

Para o defensor Victor Hugo, o evento foi interessante, especialmente por propiciar o contato direto com os estudantes, em uma abordagem informal, além de levar o conhecimento acerca do importante papel da Defensoria Pública no acesso à justiça.

O diretor do Centro Acadêmico afirmou que essa metodologia utilizada contribui para a assimilação do conteúdo. Segundo ele, a ideia de incluir a Defensoria na programação surgiu de um senso comum, pois a Instituição é conhecida na sociedade, mas não acontece o mesmo na comunidade acadêmica. “A academia não consegue preencher todas as informações necessárias para embasamento dos estudantes e esses encontros ajuda a preencher essa lacuna”, finalizou Juan.

 

 


Compartilhar

Skip to content