Pular para conteúdo principal

Defensoria de Rondônia empossará 8 novas(os) defensoras(es) no próximo dia 07 de dezembro

Publicado em:

No próximo dia 07 de dezembro, terça-feira, a Defensoria Pública do Estado de Rondônia vai realizar a cerimônia de posse de oito novos(as) membros(as), nomeados(as) no último dia 11 de novembro pelo Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich.

A posse das novas defensoras e dos novos defensores públicos acontecerá no auditório do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, com início previsto para às 10 horas da manhã.

A cerimônia será realizada de maneira híbrida com a presença física dos empossados, de algumas autoridades e convidados, mantendo-se a preocupação com a quantidade limitada de pessoas e com o distanciamento social. Demais convidados participarão de maneira virtual. A solenidade será transmitida ao vivo pelo canal do youtube da Defensoria Pública de Rondônia.

Abaixo, os nomes dos nomeados para a posse como Defensora e Defensor Público(a) substituto(a) da Defensoria Pública do Estado de Rondônia:

Rafael Gonçalves Figueiredo

Rafaela Rodrigues Santos Feitosa de Alencar

Kesia Gonçalves de Abrantes Neiva

Bruna Grobberio Trancoso

Luana dos Santos Martins

André Henrique Pinto Marques Caracas

Eloise Moreira Campos Monteiro Barreto

Faues Rodrigues de Sá

Fala do Defensor Público-Geral

“Mais uma vez, damos um passo significativo para a estruturação da Defensoria Pública de Rondônia, com mais oito nomeações que representam um fortalecimento do quadro de membras e membros da instituição. Tudo isso está sendo possível também com apoio do Governo do Estado e outras instituições, por meio do Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) assinado em agosto deste ano”, explica o Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich.

“Mais que um compromisso de gestão, a nomeação das novas defensoras e defensores encontra-se alinhada às diretrizes do Planejamento Estratégico que vem sendo elaborado para os próximos anos da Defensoria Pública. Uma nova Defensoria também é feita com a ampliação dos quadros de membros(as) que ainda possui um quantitativo aquém do ideal para atender todo o estado de Rondônia”, explica Hans Lucas Immich.


Compartilhar