Pular para conteúdo principal

Defensoria Pública de Rondônia retomará atendimentos presenciais à população de todo o estado a partir do dia 18 de abril (segunda-feira)

Publicado em:

Atenção às assistidas e aos assistidos da Defensoria Pública do Estado de Rondônia! A partir do próximo dia 18 de abril (segunda-feira), a instituição retomará o atendimento presencial à população rondoniense em todos os seus Núcleos de atuação na capital e no interior.

A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 5, por meio da Portaria Conjunta Nº 3/2022, assinada pelo Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich, e pelo Corregedor-Geral da DPE-RO, Marcus Edson de Lima, com objetivo de instituir a retomada dos atendimentos presenciais nas unidades finalísticas da instituição.

O documento leva em consideração a melhora da situação epidemiológica no Estado e da capacidade de atendimento da rede hospitalar, e a necessidade de reforçar a continuidade da prestação dos serviços da Defensoria Pública à população hipossuficiente.

O Defensor Público-Geral, Hans Lucas Immich, reafirma a importância da retomada dos atendimentos presenciais. “Estamos trabalhando e nos preparando para a retomada dos atendimentos presenciais à população rondoniense, agora de maneira segura e atendendo a todos os protocolos de segurança. É com muita satisfação que voltamos a atender diretamente as assistidas e os assistidos em todos os Núcleos da instituição”.

Atendimentos eletrônicos

A Defensoria Pública frisa que as opções de atendimento eletrônico, por chat, whatsapp, telefone e outros meios disponíveis no site da institucional, continuarão funcionando, como opção ao atendimento presencial.

“Continuaremos utilizando nossas redes de atendimento eletrônico para além do atendimento presencial, pois tem se mostrado muito práticas e efetivas nas resoluções das demandas que chegam até a Defensoria, permitindo que muitas assistidas e assistidos resolvam seus problemas à distância”, ressalta Hans Lucas Immich.

A instituição ainda ressalta que há a possibilidade de agendamentos de atendimento presencial por meio dos meios eletrônicos. “Continuaremos utilizando todas as ferramentas necessárias para melhor atender à população de nosso estado”, conclui o Defensor Público-Geral.


Compartilhar