Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Pular para conteúdo principal

Após ação civil pública proposta pelo NUDHC, Estado de Rondônia altera os editais dos concursos públicos para oficiais do corpo de bombeiros e da polícia militar

Publicado em:

Após uma ação civil pública proposta pelo Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos e da Coletividade (NUDHC), houve um acordo entre a Defensoria Pública de Rondônia e o Estado de Rondônia para alterar os editais dos concursos públicos para oficiais do corpo de bombeiros e da polícia militar, com o objetivo de retirar a exigência de quantidade mínima de 20 dentes na arcada dentária e massa corporal inferior a 30 de IMC, o que está em sintonia com o princípio da razoabilidade.

“A exigência de quantidade mínima de dentes na arcada dentária e índice de massa corporal inferior a 30 não são razoáveis, viola o princípio da isonomia e são fatores injustificáveis como exigência para o ingresso nas carreiras de oficial da PM e do Corpo de Bombeiros, de modo que foi uma grande vitória o acordo celebrado com o Estado no bojo de uma ação civil pública”, afirmou o defensor público e coordenador do NUDHC, Eduardo Borges.


Compartilhar